Faltam dois dias.

FALTAM 2 DIASA Mudança e a Transformação esperam você de braços abertos.

Se ainda não assistiu os dois primeiros vídeos que já estão liberados assista agora.

Basta clicar aqui.

Amanhã será liberado o último vídeo e dia 6 serão abertas as inscrições apenas para aqueles que querem verdadeiramente, sinceramente, corajosamente transformar suas vidas em uma obra de arte.

Participará não quem quer, mas quem pode e tem juízo!

Uma lenda urbana de Nova Iorque:

Não são apenas os países do oriente que tem suas lendas.

O países do ocidente também as tem.

No Brasil por exemplo existe a lenda do chupa-cabras de varginha, o saci pererê, o anhangá, o curupira e outras, mas eu vou lhe contar uma lenda urbana de Nova Iorque.

Nossas lendas como o chupa-cabras nos puxam para baixo e nada acrescentam de valor a nossas vidas mas essa lenda urbana  de Nova Iorque convida você a pensar.

Mas chega de suspense, vamos a ela, é bem curtinha:

Em Nova Iorque se conta que um jornalista teria perguntado ao Rei dos Ciganos algo mais ou menos assim:

– Você se acha tão esperto então me conte quantas gotas de água existe no Oceano?
– Quantas gotas tem eu não sei, mas sei que o número é ímpar.
– E como você sabe que é ímpar?
– Porque se não fosse ímpar não se moveria.

Agora reflita um pouco sobre isso!

A ideia do movimento faz do Oceano uma força poderosa que já arrasou muitas cidades a beira mar, que já fez soçobrar navios de grande porte.

Quando essa ideia é transportada para a esfera dos seres humanos ela nos fala de movimento, de mudança, de transformação.

Não é possível mudar e se transformar se você não sai da mesmice, da estagnação, da zona de conforto.

Um bebê é uma coisa flexível, macia, plasmática simboliza a vida e está em crescimento.

Um cadáver é uma coisa inerte, estagnada, destinada ao apodrecimento.

Certa feita conversei com minha amiga Ana Lúcia e soube que ela morava em um sobrado com uma escada que ela tinha que subir todos os dias, várias vezes por dia.

Comentei que a idade estava chegando e que talvez fosse uma ideia boa mudar para uma casa térrea.

Mas ela me respondeu prontamente com um sorriso no rosto: – Que nada, a escada me mantém viva e vai  acrescentar vários anos de vida a meu corpo, pois me exercita, me desafia, me faz sair de minha zona de conforto.

E quer saber? Ela tem razão!

É sua a decisão de se mexer, de sair da estagnação, de se levantar dessa cadeira e caminhar em direção ao porvir, ao sucesso, à mudança e à transformação que irá conduzir você à oportunidade de fazer de sua vida uma obra de arte.

E essa é a essência do Transformacionalismo.

Anote em sua agenda e agarre essa oportunidade com unhas e dentes.

Lembre-se as inscrições do treinamento do Transformacionalismo vão se abrir apenas por alguns dias a partir do dia 6 de Setembro, quem quiser aproveitar vai ter que se mexer ou perderá a oportunidade.

Cadastre-se no Transformacionalismo, o cadastro é gratuito e pode lhe trazer algumas vantagens que contarei depois.

Para se cadastrar sem nenhum compromisso clique aqui.

Visite a página do Transformacionalismo e leia os textos que lá estão clicando aqui

Salvar

Salvar

Salvar