A Lei do Mínimo do Dr. Shelton

SHELTON

Nas primeiras décadas do século XIX a esperança de vida na Europa Ocidental rondava os 33 anos (fonte: https://www.publico.pt/multimedia/infografia/a-vida-desde-1820) e, portanto, suponho (mera opinião não encontrei dados a respeito) que uma pessoa nascida em 1895 poderia em qualquer lugar do mundo ter uma expectativa de viver uns 45 anos em média e ser considerado longevo com 50 anos.

Mas o Dr. Herbert M. Shelton o mais famoso divulgador dos métodos do Higienismo criado por Dr. Isaac Jennings and Sylvester Graham (criador do Pão de Graham), escreveu muitos livros sobre Higienismo e que nasceu em 1895 viveu até os 90 anos.

Muita atenção à Lei do Mínimo do Dr. Herbert M. Shelton.

Desde criança me dedico à pesquisa de métodos de alimentação, mais que uma profissão é uma paixão.

Em minha fase anterior ao vegetarianismo me dediquei ao Higienismo e meu primeiro mentor foi o Dr. Herbert M. Shelton.

O Dr. Shelton  em um de seus livros ele ensinou sobre a Lei do Mínimo.

Observe sua mão, todos os seus dedos são diferentes e tem um dedo que se caracteriza por ser pequeno e por isso é chamado de mínimo ou mindinho.

Quando se refere aos Nutrientes que você ingere em sua alimentação e o conteúdo bioquímico deles, a Natureza segue a Lei do Mínimo, como descreveu o Dr. Shelton.

Segundo essa Lei, a bioquímica do corpo se aproveita de seus elementos quando todos eles se equiparam e o que supera os demais por excesso é dispensado e o que não alcança a média dos demais também.

As fontes de proteína animal, como carne, peixes, ovos e leite proveem todos os aminoácidos essenciais.

Algumas plantas como a quinoa, semente de cânhamo, amaranto e soja também, embora a utilização deste aminoácido esteja influenciada pelo aminoácido limitante.

Usar a expressão “aminoácido limitante” é nos reportarmos à Lei do Mínimo.

Para compreender isso observe: se uma fonte contém todos os aminoácidos, mas tem uma quantidade muito pequena de lisina, o corpo humano só vai absorver os outros aminoácidos na proporção que a lisina for utilizada para síntese de proteínas, e os aminoácidos em “excesso” serão transformados em açúcar ou gordura.

Daí a importância de variar a dieta e misturar várias fontes de proteínas.

Até mesmo dietas estritamente vegetarianas podem suprir facilmente as necessidades proteicas de qualquer indivíduo, basta que se combine alimentos ricos em proteínas – por exemplo, arroz contém poucas quantidades de alguns aminoácidos que são encontrados em boas quantidades no feijão.

De forma similar, feijão contém poucas quantidades de alguns aminoácidos dos quais o arroz é rico.

Juntos, feijão e arroz fornecem quantidades adequadas de todos os aminoácidos essenciais.

Fonte: [http://pt.wikipedia.org/wiki/Amino%C3%A1cido_essencial]

Só que os alimentos vegetarianos não contém a gordura animal que é o primeiro elemento energético do corpo, na falta dela o corpo passa a utilizar o carboidrato como fonte de energia e isso aumenta produção de insulina e esse elemento é um dos principais causadores das moléstias autoimunes.

É preciso considerar que uma Dieta no sentido grego do termo (modo de viver) vai muito além dos “componentes bioquímicos” dos alimentos.

As dietas têm dimensões bioquímicas, biofísicas, energéticas e metabólicas extremamente complexas e nem sempre consideradas pela maioria das pessoas que defendem dietas específicas.

“Se todo mundo acha que está certo e todo mundo acha que o diferente é o errado, então quem é o certo e o errado?”. Dr. Paulo Maciel

Há uns 20 anos atrás havia uma publicidade que dizia: “Que seria do azul se todos gostassem do amarelo?”.

Todos tem o direito de praticar a dieta que melhor lhes aprouver, mas isso não impede que a Lei do Mínimo continue a atuar.

Pense nisso, mas pense agora!

 Para ver depoimentos de pessoas que emagreceram clique aqui.

Para saber quem é o Coach Dr. Marco Natali clique aqui.

Para que possamos entrar em contato e agendar um horário disponível da Consultoria Gratuita, basta clicar nas palavras em vermelho e enviar seus dados.

A Consultoria Gratuita é realizada em uma sessão on-line
de 50 minutos.

          Divulgue este Blog e esta oportunidade de Consultoria Gratuita para seus amigos e amigas, vamos ajudar a quem precisa.

Para retornar à página inicial clique aqui.

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *