O Bosque dos cedros

AAA LOGO BUDISTA

O BOSQUE DE CEDROS.

       Mais uma das histórias contadas pelo Mestre Nemo.

 

Durante a Segunda Guerra Mundial algumas poucas pessoas, com atitude heroica e demonstrando verdadeira compaixão que é um dos ensinamentos do Buda, ajudaram famílias judias a fugirem da perseguição dos nazistas.

Uma dessas pessoas foi Shiume Sugihara que providenciou inúmeros vistos de saída que permitiu a judeus poloneses migrarem para outros países.

O governo de Israel muitos anos depois resolveu demonstrar agradecimento a essas pessoas especiais que demonstraram compaixão pelos judeus e para isso plantaram bosques de cedros (algo comum no Líbano e em outros países do Oriente próximo) em homenagem a Schindler e a outros heróis da compaixão inclusive a Sugihara.

Foi apenas depois que o bosque em homenagem a ele foi plantado é que descobriram que o nome Sugihara em japonês significa “Bosque de Cedros”.

Jung chamava essas coincidências significativas de “sincronicidades” e elas ocorrem de forma bastante comum nas vidas de pessoas que buscam a espiritualidade.

Como estão as sincronicidades em sua vida?

Pense nisso, mas pense agora.

Satyananda Apta

Para saber mais sobre o Budismo Niskama Karma clique aqui.

Informações sobre como se tornar um asceta budista.

Para se inscrever na comunidade budista no Face.

Para receber GRÁTIS um livro sobre Budismo clique aqui.

Fique na serenidade do Buda!