O que fazer para cortar os carboidratos?

CORTAR CARBO

O que fazer para cortar os carboidratos?

 Basta não comer uma só migalha de:

CARBOIDRATOS QUE VOCÊ DEVE EVITAR:

Açúcar, Arroz, Batata, Beterraba, Cenoura, Farinhas, Mandioca, Inhame, leguminosas(*) e Milho.
E qualquer comida preparada com esses ingredientes. 
(*) Leguminosas são os feijões, o amendoim e outros grãos.

Perguntinhas que surgem neste ponto:

“- Mas as leguminosas também? Eu adoro feijão!”

Infelizmente o feijão, o amendoim, o grão de bico e muitos outros grãos (existem exceções que irei citar neste Blog mais lá na frente) contém carboidratos e devem ser evitados enquanto você não atinge seu peso ideal (você pode reintroduzi-los em sua dieta devagar e com muita observação mais lá na frente).

Depois que o peso ideal for atingido, você pode acrescentá-los parcimoniosamente aos pouquinhos.

Bem parcimoniosamente ou voltará a engordar.

“- Mas cortar, os carboidratos! Eu não sei comer sem pão!”

Sabe sim, o pão não existe na natureza, não é obra de Deus é criação humana, então você pode perfeitamente passar sem ele (pelo menos até atingir seu peso ideal).

“- Escuta, vamos fazer um acordo, eu prefiro apenas diminuir a ingestão de carboidratos e não parar de come-los. Desse jeito eu não sofro tanto.”

Nana nina não!

Desse jeito você não sofre, mas também não emagrece!

A questão é que a restrição do carboidrato atua a nível cetogênico e não a nível calórico, isso significa que se você apenas diminuir a restrição de carboidratos, perdeu todo o seu esforço, cujos resultados vão começar a aparecer de forma mais marcante a partir do quarto dia da restrição total dos carboidratos.

O organismo humano necessita de três dias para começar a entrar em cetose.

“- Não dá pra roubar só um pouquinho?”

Quem você está tentando enganar?

Você tem em mãos um sistema maravilhoso e fantástico para emagrecer.

Não existe nada que se compare a este método (já tentei tudo).

Note que você jamais passará fome, pois vai comer Comida de Verdade o tempo todo.

É muita moleza, é fácil demais e os resultados são muito rápidos.

E mesmo assim você quer roubar?

Por favor olhe para si mesmo(a) e pergunte-se se deseja realmente emagrecer.

Se quer emagrecer realmente, siga estas instruções até chegar ao seu peso ideal e então faça a dieta de manutenção, que permite que vá introduzindo outra vez, aos poucos (e de forma parcimoniosa) tudo aquilo de que se privou.

É uma só vez na vida e depois terá tudo que sempre quis e continuará magro(a), o que mais quer?

“- Não consigo!!!”

É claro que consegue, milhares já conseguiram antes de você. E com o meu acompanhamento em Coaching é muito, muito fácil.

Entenda que uma dieta não é um regime.

A palavra “dieta” veio de “diaita” no grego, que significa “modo de viver”, é para a vida toda!

Convença-se da importância de prosseguir em seu modo de viver comendo sempre Comida de Verdade, assistindo o vídeo cujo link está a seguir:

Nesse vídeo você vai ver o depoimento do Dr. Cristiano Oliveira, um dentista que emagreceu 32 quilos iniciando com a Dieta do Dr. Atkins e depois evoluindo para a Dieta Paleo porque descobriu que na dieta do Dr. Atkins são admissíveis alguns alimentos industriais e ele desejava evita-los.

https://www.youtube.com/watch?v=-02UYD0g2tk

Agora vamos rever alguns pontos importantes:

 Como dizem: É da repetição que surge o aprendizado.

 Vamos então rever alguns dos pontos que já vimos em artigos anteriores.

BRUCE

Quando Bruce Lee criou o Jeet Kune Do pediram a ele que descrevesse seu estilo e ele respondeu que era “a simplificação da simplicidade”.

E por que ele disse isso?

Porque o Jeet Kune Do sintetizava o estilo Wing Chun que era um dos estilos mais simples de toda a China.

Como no Jeet Kune Do enfatizar a simplicidade da Dieta Páleo é praticamente um pleonasmo.

A Dieta Páleo é a dieta mais simples que existe, pois você não tem que aprender nada a respeito de calorias, não tem que contar pontos, não tem que comer seis vezes por dia, não tem que tomar shakes, não tem que comer menos.

Existe apenas uma regra: não coma alimentos que contenham carboidratos.

E por que não?

Porque os carboidratos que você ingere viram açúcar e o açúcar dispara a insulina.

E o que acontece quando você dispara a insulina?

Repetindo o que já disse em artigos anteriores:

“O papel da insulina é interromper a queima da gordura e aumentar seu armazenamento.   O estímulo primário para a secreção de insulina são os carboidratos da dieta.”

Dizendo em outras palavras: se você ingerir carboidrato você vai engordar!

A dieta que ensino aqui é a Dieta Páleo que é assim chamada (como eu já disse antes), pois se fundamenta na alimentação de nossos antepassados em época em que ainda não havia sido descoberta a agricultura.

Em termos gerais é a dieta do homem paleolítico que vivia da caça e de algumas poucas frutas que conseguia apanhar a esmo visto que não cultivava nada e tudo que comia era fruto da caça e da sazonalidade das frutas que encontrava esparsamente.

Esta é a Dieta Páleo Simplificada, mas existem muitas outras dietas Páleo, cada uma com sua característica.

Esta é uma dieta simplificada, pois segue o que realmente era praticado por nossos antepassados e que mesmo com algumas adaptações não recorre a sofisticações que foram introduzidas a outras versões mais modernas desta dieta.

Por exemplo há versões modernas da dieta Páleo que utiliza mel alegando que o mel é um produto natural.

De fato o mel do homem paleolítico era um produto natural, hoje nem tanto, pois as abelhas de hoje se nutrem não apenas do pólen das flores, mas também dos açúcares modernos fartamente encontrados por aí e inclusive da frutose das frutas modernas que é bem diferente da frutose que havia nas frutas que eram encontradas pelos nossos antepassados e que não haviam sofrido mutações genéticas, nem técnicas de enxertia nem efeitos transgênicos.

O homem paleolítico raramente se servia de mel, pois as abelhas eram bem ferozes e ele ainda não havia aprendido a ter suas próprias colmeias como nos dias de hoje.

Portanto numa Dieta Páleo Simplificada nada de mel.

ABELHAAfinal comer mel não fará de você uma abelha e nem vai lhe dar aquela incrível bunda listrada que as abelhas têm!

Existem versões modernizadas de dietas Páleo que utilizam adoçantes artificiais, mas é óbvio que eles não existiam no tempo do homem paleolítico, portanto devem ser eliminados o quanto antes.

Quando eu digo “o quanto antes” eu não estou dizendo que você não deve ingerir adoçantes artificiais, eu os considero como remédios que você utilizará por tempo limitado para se libertar do vício do açúcar como fazem os fumantes que utilizam adesivos de nicotina quando estão tentando se libertar do vício.

Você não utilizará os adesivos pela vida toda, então pode utilizar os adoçantes por um tempo até se libertar do vício do açúcar.

Eu era um açucólatra que adorava pudins, sonhos, bombas de chocolate e outras tranqueiras que eu achava deliciosas, hoje que já atingi meu peso ideal, reintroduzi parcimoniosamente as frutas e o doce delas é tão forte para mim que sacia minha vontade sem que eu precise de recorrer às tranqueiras outra vez.

Isso significa que a Dieta Páleo traz mais uma vantagem para você, reconduz seu apetite às coisas simples que existem na Natureza e você consegue plena saciedade com elas sem sem necessitar dos abusos artificiais criados pelo homem.

E o Dr. José Carlos Souto, um dos maiores especialistas em Dieta Páleo no Brasil come chocolates até hoje.

E é possível comer chocolate na Dieta Páleo?

Bem, considere o chocolate da mesma forma que o adoçante, ou seja como um remédio a ser ingerido por algum tempo mas há regras restritas que ensinarei em algum outro artigo.

BACONConsiderando que na dieta Páleo é permitido o consumo da carne alguns dos praticantes de variantes modernas dessa dieta se entopem de bacon.

O Bacon é um preparado defumado a partir do toicinho de porco e é claro não existia no tempo do homem paleolítico.

Até pouco tempo atrás não haviam geladeiras e mesmo quando foram inventadas, pouca gente podia se dar ao luxo de tê-las pois custavam caro.

Não havia como conservar os alimentos, principalmente a carne.

Nos tempos do homem paleolítico quando um animal era abatido tinha que ser consumido no mesmo dia.

Milhares de anos depois, o homem (não mais o paleolítico) descobriu como preservar a carne utilizando o sal e a fumaça.

Foi assim que nasceu o bacon e a maioria das carnes defumadas, muito antes das geladeiras serem inventadas.

Mas nos dias de hoje o bacon não é mais preparado através da defumação.

Esse processo tradicional foi substituído pela “fumaça líquida” – uma química que simula o gosto defumado – que é injetada nas peças de carne antes de secarem em um forno.

Isso faz do bacon um alimento industrial que não estava ao alcance do homem paleolítico.

Não é proibido consumir bacon em nossa Dieta Páleo Simplificada, mas procure compra-lo em peças e não naquelas caixinhas em que vem fatiado e não exagere por favor.

Também não é proibido a você utilizar os adoçantes artificiais, entendemos que você tenha que superar uma fase de transição para que possa adotar adequadamente uma nova dieta, enquanto na transição talvez precise saborear algo doce (e não natural, portanto não COMIDA DE VERDADE), nesse caso os adoçantes artificiais são permitidos, mas não abuse e procure se livrar deles o quanto antes.

Infelizmente é praticamente impossível conseguir stévia natural no Brasil (mesmo o Brasil sendo o maior produtor mundial).

Nosso querido e maravilhoso governo (ai, ai) proíbe que a Stévia seja comercializada no Brasil em sua forma natural, ela é vendida para outros países (principalmente o Japão) onde é industrializada e misturada com um monte de outras coisas e depois vendida no Brasil a preços extorsivos.

O melhor adoçante disponível (o menos nocivo de todos) é o Xilitol, mas é difícil de ser encontrado e o pior deles é o aspartame (talvez por isso o mais fácil de ser encontrado).

Assista um vídeo sobre como o bacon é preparado nos dias atuais:

https://www.youtube.com/watch?v=_tvx_CKB7uI

Uma Dieta Páleo Simplificada consome tudo que é Natural.

Banting criou um termo para designar a comida natural (quase 150 anos depois esse termo foi adotado novamente em nossos dias.) ele a chamava de COMIDA DE VERDADE.

Se o que buscamos na dieta páleo é o tipo de alimentos com que se alimentavam nossos antepassados, devemos ingerir apenas alimentos de verdade e não a porcaria, o restolho, o lixo (Junk Food) que é vendido nos supermercados provenientes das indústrias de alimentos.

Lembre-se se vem dentro de uma garrafa, de uma caixa ou de um saquinho, não existe na natureza, portanto não é uma alimento natural, não é COMIDA DE VERDADE e com certeza fará mal para sua saúde.

Estão fora todos os alimentos que contenham açúcar e carboidrato e todos os alimentos industrializados.

Uma fórmula básica é não comer nada que venha em garrafa, caixinhas e saquinhos.

Se estão embalados dessa forma, trata-se de alimento industrializado, portanto inconcebíveis em uma dieta páleo.

E quanto as frutas?

Considere que o consumo de frutas entre os homens paleolíticos era raro, pois não haviam pomares, elas eram encontradas de quando em quando no decorrer de uma caçada.

Outro detalhe interessante é que as frutas daquele tempo eram naturais, as frutas de hoje são muito mais doces do que as frutas daqueles tempos, portanto contém muito mais frutose (açúcar das frutas) do que as frutas daquele tempo.

Enquanto você quiser perder peso as frutas estarão fora, a menos que você seja vegetariano.

Sim, existe uma Dieta Páleo para os vegetarianos também, afinal embora raros é provável que existissem pessoas  na época pré histórica que não suportassem a carne por razões de alergia, nojo ou algo assim, afinal a maioria delas era ingerida crua.

Mas fui vegetariano por muitos anos e sei como emagrecer você em uma Dieta Páleo vegetariana.

Conheço emagrecer você mesmo não ingerindo carne e você vai emagrecer bem rápido.

Hoje sei que a Dieta Vegetariana não é a ideal e vou explicar isso em outros artigos mais lá na frente mas respeito os vegetarianos, afinal fui um deles mais de metade de minha vida.

Mesmo praticando a Dieta Páleo e comendo carnes e gorduras, quando você já tiver atingido o peso ideal para você, então pode começar (devagar) a introduzir as frutas, sempre lembrando que as frutas dos tempos modernos contém muito açúcar, portanto devem ter sua ingestão diminuída.

As frutas contém uma forma de açúcar chamada frutose, mas a maior fonte de frutose de sua casa não são as frutas, é o açucareiro que contém sacarose (a frutose da cana de açúcar)!

A Dieta Paleolítica (Dieta Páleo para os íntimos) é uma dieta baseada no que nossos ancestrais comiam, como carne, nozes e frutas, excluindo alimentos que não eram familiares a eles, como o leite, as leguminosas (feijões, ervilhas, etc…) e os grãos.

A Era Paleolítica teve a duração de mais ou menos dois e meio milhões de anos tendo terminado a cerca de dez mil anos com o advento da agricultura.

Essa Era se caracterizava pelo uso de instrumentos feitos de pedra e ossos, pela prática da caça e da pesca e pela coleta de alimentos que nasciam de per si na natureza.

Nossa dieta se baseia na premissa de que os seres humanos evoluíram suas necessidades nutricionais específicas a partir dos alimentos encontráveis na natureza e que as necessidades nutricionais dos seres humanos modernos permanecem melhor adaptadas à dieta de seus ancestrais paleolíticos.

Os que a propõem argumentam que isso é verdadeiro principalmente porque o metabolismo do ser humano moderno tem sido incapaz de se adaptar tão rapidamente quanto seria necessário às novidades que surgiram desde o advento da agricultura.

Sendo mal adaptados ao consumo de grãos, legumes e laticínios e muito especialmente aos alimentos industriais que são alimentos processadas e de alta caloria nosso metabolismo não os digere apropriadamente fazendo com que aumente de maneira inusitada nossa taxa de insulina o que possibilita a manifestação da grande maldição da humanidade: a obesidade, as moléstias cardíacas, o diabetes e as doenças auto imunes.

Essas doenças que não existiam na Era Paleolítica testemunham sobejamente que aquele que se dedica à pratica da dieta de seus antepassados tenha a possibilidade de vir a gozar de uma vida mais longa, mais saudável e mais ativa.

Para ver depoimentos de pessoas que emagreceram clique aqui.

Para saber quem é o Coach Dr. Marco Natali clique aqui.

Para que possamos entrar em contato e agendar um horário disponível da Consultoria Gratuita, basta clicar nas palavras em vermelho e enviar seus dados.

A Consultoria Gratuita é realizada em uma sessão on-line de 50 minutos.

          Divulgue este Blog e esta oportunidade de Consultoria Gratuita para seus amigos e amigas, vamos ajudar a quem precisa.

Para retornar à página inicial clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *